Governo prorroga o Simples Doméstico

    às: 19:03 , atualizado em 05 de novembro às: 0:33
    138
    0
    Da Agência Brasil
    levy-elza fiuza-ab
    Levy: adiamento do prazo do Simples Doméstico, depois de quatro dias de problemas

    A presidente Dilma Rousseff assinou portaria, que será publicada nesta quinta-feira (5) no “Diário Oficial da União”, prorrogando até o dia 30 o prazo de pagamento do eSocial – Simples Doméstico.

    O prazo venceria na próxima sexta-feira (6), mas os problemas na emissão da guia de recolhimento dos encargos dos empregados domésticos, no site do eSocial, levaram o governo federal a prorrogar o prazo.

    Desde o dia 1º de novembro, quando a guia de recolhimento ficou disponível, o sistema vem apresentando erros e lentidão, causando dificuldades para o pagamento dos tributos.

    A informação foi confirmada na noite desta quarta-feira (4) pelo Palácio do Planalto, mas já tinha sido admitida à tarde pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

    O documento para o pagamento está disponível desde domingo (1°) no site do eSocial, mas a geração apresentou problemas nos últimos quatro dias.

    A decisão final sobre a prorrogação foi do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), empresa pública de tecnologia.

    Até as 17h de terça-feira (3), conforme balanço da Receita, 134.740 guias haviam sido geradas, o equivalente a apenas 13% do total.

    O Simples Doméstico é o documento que regulariza a situação trabalhista de empregados domésticos.

    SEM COMENTÁRIOS