PSDB venceu a eleição, mas Alckmin venceu ainda mais

    às: 1:14 , atualizado em 31 de outubro às: 1:31
    279
    0
    alckmin corredor
    Alckmin: a vitória nacional do PSDB tem o rosto do governador paulista

    O PSDB foi o grande vencedor da eleição de 2016, mas esta vitória tem um rosto, o do governador paulista Geraldo Alckmin.

    O projeto presidencial de Alckmin para 2018 avançou várias casas neste domingo (30). Agora, apoia-se num sólido tripé, a saber:

    1-Em São Paulo:

    O PSDB alckmista consolida-se como o maior partido paulista, com 169 prefeituras, num total de 645 municípios.

    A aliança do governador com o PSB do vice-governador Márcio França varreu o PT da Grande São Paulo, do Grande ABC e da Baixada Santista.

    2- No Nordeste:

    A reeleição de Geraldo Júlio no Recife garante uma importante cabeça de ponte no Nordeste para o sonho presidencial de Alckmin.

    O atual prefeito derrotou o candidato petista João Paulo na terra de origem do ex-presidente Lula, o que não é pouco.

    A vitória faz de Geraldo Júlio e de Márcio França os principais líderes nacionais do partido que era de Eduardo Campos – e ambos estão fechados com governador paulista. Também não é pouco.

    3-Em Minas

    A derrota do tucano João Leite para o azarão Alexandre Kalil (PHS) em Belo Horizonte foi um duro golpe sofrido pelo presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, principal rival de Alckmin dentro do partido.

    O governador paulista, portanto, conseguiu beneficiar-se até mesmo do maior revés nacional dos tucanos.

    Quando a poeira baixar, Aécio perceberá que Kalil venceu porque teve o apoio de seu ex-aliado, o atual prefeito Márcio Lacerda, do PSB – agora, um aliado de Alckmin.

    SEM COMENTÁRIOS