Lula descobre que a mídia já se democratizou

às: 0:02 , atualizado em 23 de agosto às: 0:26
1320
0

Num curioso seminário sobre redes sociais promovido pelo PT em São Paulo, o ex-presidente Lula descobriu nesta segunda-feira (22) que a internet já democratizou o que ele chama de mídia tradicional – só ele não tinha percebido.

“Pela primeira vez na história da Humanidade (!!), a esquerda tem a chance de produzir uma alternativa de comunicação para fazer o enfrentamento aos nossos adversários políticos e aos nossos inimigos de classe” – declarou a uma atenta plateia de militantes.

lulao1
Lula faz sua oração aos moços: ele quer falar com 25 milhões de pessoas todos os dias

Acrescentou que esse enfrentamento pode agora ser feito “a um custo muito barato” e “a partir da nossa casa, da nossa sala de trabalho”.

O passo seguinte, naturalmente, é aparelhar a internet e colocá-la a serviço do PT.

Lula imagina criar uma “rede nacional” de mídias sociais, usando os quase 5 mil diretórios municipais do partido, os 3 mil sindicatos ligados à CUT e os núcleos do MST.

Com uma década de atraso, ele concluiu que essa rede permitiria aos militantes falar “com 20, 25 milhões de pessoas” diariamente. “Nós queremos um espaço nacional no Face de vocês”.

Lula sabe que o PT está velho e carcomido, mas ainda não percebeu que o problema não é como falar às novas gerações, e sim o que dizer a elas.

Ele ainda sonha em voltar a conduzir o rebanho da juventude por meio de “mensagens”, como diz, “que sejam capazes de politizar essa gente, de dar um certo rumo a essa gente”.

Essas “mensagens” seriam produzidas por um “colegiado” responsável por definir os conteúdos. Ou seja: pelo partido.

Se é tão fácil assim, por que ninguém fez essa rede até agora? Para Lula, porque ninguém percebeu isso antes dele. “É só a gente querer que a gente pode”.

Simples assim. Agora, é só combinar com o Facebook e com os internautas.

 

 

SEM COMENTÁRIOS