Grupo pró-Almeida tenta evitar protesto e tumultua desfile

às: 16:15 , atualizado em 15 de setembro às: 0:33
193
0
Da Redação
sete-protesto
Grupo com camisas vermelhas arranca faixa contra o prefeito, que estava no palanque do desfile

Um grupo de militantes pró-Prefeitura de Guarulhos tentou evitar um protesto contra o prefeito Sebastião Almeida e tumultuou o desfile do Sete de Setembro na cidade, nesta segunda-feira.

Tudo começou quando um homem não identificado avançou contra uma faixa aberta em frente ao palanque onde estava o prefeito, na Avenida Paulo Faccini.

O homem veio por trás e arrancou a faixa de dois manifestantes que a seguravam e tentou quebrar os suportes. Houve um empurra-empurra e um princípio de confusão.

A Guarda Civil Municipal entrou em ação e o tumulto foi contido por alguns minutos – para ser retomado logo depois.

A faixa tinha os dizeres “Almeida, Cadê o Dinheiro?” – referência à atual crise financeira da Prefeitura.

Ela foi levada ao desfile por integrantes do Guarulhos Livre, movimento que tem entre seus principais integrantes o presidente da Associação Comercial (ACE), Jorge Taiar.

Taiar estava ao lado da faixa quando ela foi arrancada. Quando a GCM chegou, ele começou a gritar em direção ao palanque. Chamou o prefeito de “fascista”.

Poucos minutos depois, o grupo contra o governo recuperou a faixa e tentou reabri-la. Houve novo tumulto, agora mais grave.

A faixa foi arrancada novamente das mãos dos manifestantes e o empurra-empurra voltou. A GCM teve de fazer um cordão de isolamento entre os dois grupos.

Houve mais gritaria em xingamentos, mas não chegou a haver confronto físico. O locutor oficial do evento chegou a parar por alguns momentos a narração do desfile.

Mais tarde, o presidente da ACE postou em seu Facebook: “É assim que o prefeito Sebastião Almeida pratica a democracia, impedindo as pessoas de se manifestarem. Atitude de ditador, Almeida, Guarulhos não é Cuba”.

Ele também postou um vídeo em que registrou algumas cenas do tumulto.

O prefeito não se manifestou. Quando os ânimos se acalmaram, o desfile foi retomada e terminou por volta de meio-dia.

Veja o vídeo:

 

É incrível a ditadura que estamos vivendo. 1) Primeiro eles não deixam o pessoal de bem fazer a manifestação;2) depois eles nos ameaçam;3) e por último eles ainda colocam “CRIANCAS” para tentar falar que estamos causando…É meu amigo. Tá difícil. A ditadura aqui em Guarulhos e no Brasil tá montada. E o que me deixa mais puto é Colocar crianças no meio… Sujos colocar crianças no meio eu não acredito…

Posted by Leandro Balcone on Segunda, 7 de setembro de 2015

SEM COMENTÁRIOS